Sempre me pergunto o que seria de NY sem as suas coffee shops. E posso dizer que, depois de quase três anos morando aqui, eu também tenho as minhas preferidas e não imagino o meu dia sem elas.

Na verdade, sempre amei café, desde quando a única escolha era entre regular e descafeinado, lembra?… E nunca resisti à frase, “vamos tomar um cafezinho?” que, de fato, significa “vamos dar uma pausa e bater um papinho?”

Aqui, os cafés acabam sendo mais solitários, o que não deixa de ser bom. Claro que as pessoas também se encontram para tomar café e conversar, mas as coffee shops são um bom exemplo de como você pode ter privacidade, em ambientes públicos. Todo mundo respeita o espaço do outro e pronto.

Funciona mais ou menos assim, você escolhe uma coffee shop simpática, de preferência na esquina da sua casa e com free wifi e começa a ir lá todo dia, para fazer quase tudo, trabalhar, estudar, entrar no Facebook, ler e até, tomar café.

Coffee With Love

Esta cafeteria da foto, fica em uma rua super tranquila, perto da minha casa e é uma das minhas eleitas. Um lugar realmente especial. Neste dia, queria fazer apenas uma foto, da espuma do leite em forma de coração e acabei conhecendo esta barista querida, que encheu a minha mesa com cafés lindos.

O nome dela é Amilia Venzen e eu só posso dizer que ela ama o que faz. Passei uma manhã maravilhosa, fotografando, tomando café e ainda por cima, batendo papo.

Thank you so much Amilia, for sharing your passion with me!!!

Coffee with Love

Coffee with Love

Coffee with Love

assinatura