Se você queria achar mais um bom motivo para ir ao Central Park, acabou de encontrar. Que tal um cafezinho no meio do parque mais amado do mundo?

Ir ao Central Park no início da Primavera é realmente especial. É só a temperatura aumentar um pouquinho que os gramados já ficam lotados, parece uma praia. A cara da cidade muda com a esperança do verão e a boa notícia é que você ainda pode tomar um cafezinho e curtir esta energia toda.

DSC_4060Dentro do Central Park existem algumas opções de restaurantes, mas eu sempre acabo voltando ao Le Pain Quotidien. Na verdade, a minha história com o Le Pain começou quando eu me mudei para New York, no meio do inverno, grávida do Gabriel, meu segundo filho. Eu morava bem “lá embaixo”, em Battery Park e como eu não conhecia muita coisa daquela região, o café mais pertinho que eu encontrei foi exatamente um Le Pain, que ficava ao lado do meu prédio. Naquele frio, com um barrigão enorme e com todas as incertezas do mundo, eu dava uma passada lá, quase todo dia. Eu me lembro que eles colocavam uma musica meio barroca que me transportava para os cafés de Ouro Preto e eu ficava por lá, acho que planejando minha nova história. Bom, mas isto é papo para outro post, ou para a próxima sessão de terapia.

A Primavera chegou, me mudei daquela região, mas não tem jeito, toda vez que vou a um Le Pain e olha que são muitos pela cidade, acabo me lembrando um pouco destes “dias de começo em New York”.

Adorei então quando achei este do Central Park, que com certeza entra na minha lista de lugares tranquilos da cidade (sim, mesmo com as filas que se formam na porta). Afinal, depois que você senta e pede um café, é só relaxar e ouvir o barulhinho bom das crianças brincando.

Nos finais de semana, eles servem uma limonada orgânica deliciosa, na porta mesmo, não precisa nem entrar. A gente passa com o carrinho de bebê e a patinete, pega os copos e continua caminhando. E o mais legal é que este Le Pain fica na frente do Sheep Meadow, um dos gramados mais lindos do Central Park, e bem pertinho também do Strawberry Fields.

Untitled-1

DSC_4095

Untitled-4

DSC_4138

Um dos pratos mais famosos do Le Pain são as tartines, estes sanduíches abertos, lindos e deliciosos e uma das minhas favoritas é a, “Roast Turkey and Avocado Tartine“, direto do cardápio de lá.

Aí, você deve estar pensando, tudo bem as tartines ficam lindas na foto, mas são boas mesmo? Gente, não consigo explicar. A combinação deste vinagrete maravilhoso, peito de peru e abacate é poderosa.

O ideal é achar um pão mais resistente, eu adoro os integrais cheios de sementes e grãos, para poder caprichar no vinagrete e a tartine não desmoronar.

E claro, o mais importante, tem que comer com a mão.

O caminho para o Le Pain Quotidien do Central Park é este aqui, mas se não der para ir lá agora, a receita da Tartine está logo aí embaixo.

Happy Spring!!!

DSC_4341

DSC_4371

Untitled-5

Ingredientes:  (rende aproximadamente 8 tartines)
200 grms. de peito de peru (Pode ser o que você tiver, inclusive os defumados. O original leva peito de peru grelhado, portanto, se você puder fazer em casa, melhor ainda!!!)
Pão cortado em fatias (8 fatias)
2 abacates grandes (um para a guacamole e outro para ser fatiado)
1 rabanete
1 Pepino
“Verdinhos” para decorar. Rúcula fica super bom!!!
Sal, pimenta e azeite à gosto
Para o vinagrete: Suco de 1 limão + 1 xícara de vinagre de maçã + 4 colheres de mostarda Dijon
Como fazer:
Comece pelo vinagrete, misture a mostarda, o vinagre e o limão e tempere à gosto com sal e pimeta. Reserve.
Agora é a hora da Guacamole: Amasse um dos abacates com um garfo e tempere com sal, pimenta e azeite. Espalhe a guacamole no pão, sem economizar.
Por cima, coloque o peito de peru, as rodelas de pepino e as de rabanete, bem fininhas.
Por último coloque as fatias de abacate e enfeite com um as folhas que você escolher. Repita esta montagem em cada uma das fatias de pão.

 

AssinaturaNew